segunda-feira, 9 de maio de 2011

Semelhanças e diferenças entre homens e outros animais (Parte II)

Veja nossa Proposta de Estudo


Aspectos físicos

Algumas informações e as figuras a seguir foram retiradas do livro Alma dos Animais - Estágio Anterior da Alma Humana? (pp. 20-23).

Na figura abaixo, poderemos observar no sentido vertical 3 fases de desenvolvimento do embrião, e no sentido horizontal as espécies para comparação. Observar que nos dois sentidos, ou seja, tanto em relação ao próprio embrião, quanto em relação aos de outras espécies, existe uma evolução na forma dos embriões.

A mais significativa é a horizontal, em que percebemos que a forma humana parece ser a evolução das anteriores correspondentes aos outros seres animais.

Da esquerda para a direita: peixe, salamandra, tartaruga, galinha, suíno, vaca, coelho e homem

Outra imagem que causa um enorme impacto é essa: um embrião humano, que, ao lado de um embrião de um primata, pode enganar quanto a qual dos dois é o humano. Talvez somente os especialistas consigam fazer essa distinção sem erro. Vejamos:

                                                      Figura 1                                Figura 2
Embrião de 4 semanas de vida (figura 1) e embrião de 6 semanas de vida (figura 2). Analise. A resposta estará no final do texto.


Atualmente, em relação aos aspectos físicos, não há grandes questionamentos por parte das pessoas, até mesmo porque a ciência vem confirmando isto cada vez mais.

O que muitos ainda não se deram conta e estão um tanto quando desatualizados, é sobre a questão do intelecto. Existe inteligência nos outros animais? São as questões intelectuais apenas de domínio humano?

Continuaremos nosso estudo semana que vem! 


Depois do *, mantenha o mouse clicado e passe (como se fosse selecionar) para verificar a resposta sobre embrião humano e embrião primata:
*Figura 1 - embrião primata
Figura 2 - embrião humano

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Amigos, sejam bem-vindos! Ficamos muito felizes por receber suas mensagens!

Postar um comentário