quarta-feira, 24 de abril de 2013

A história do meu Fred

O texto a seguir foi escrito pela amiga e leitora do blog Ana Paula Jorge Silva

Ana Paula, agradecemos imensamente por sua contribuição na divulgação do amor e do respeito para com os animais não-humanos e por compartilhar essa bela história conosco.

Sua história vem acalmar os corações de muitos amigos! A vida na Terra é uma passagem, a morte do corpo físico é mais um recomeço!

Obrigada!

Para compartilhar sua história conosco, acesse: Escreva sua história!


"A história que conto começou no dia 23/12/2006....

A irmã do meu cunhado tinha uma cachorra pastor alemão que teve 12 cachorrinhos, porém ela havia cruzado com um vira-lata e os cachorrinhos sairam cada um de um jeito.


Dentre todos, um era muitoooo feio, tinha as orelhas grandes, não tinha rabo (só um cotozinho), era de uma cor não definida, enfim ninguém que ela ofericia queria ficar com ele. A irmã do meu cunhado tinha que desfazer dos cachorros rápido, pois a mãe (a pastor alemão) tinha sido atropelada e desencarnou. Eu nem tinha muito contato com essa moça e nem sabia que ela tinha esses cachorros.

Um dia à noite na casa de minha sogra, meu cunhado me contou  a história e perguntou se eu queria, mas como eu já tinha dois, meu marido disse que não queria de jeito nenhum, ele argumentou de todas as formas (sem me contar que era o feio que ele queria me dar) mas eu nao entrei em conflito com meu marido. Ele insistiu ainda no outro dia e como nao teve recurso me contou a história do cachorrinho que ninguém queria...eu me compadeci na hora, mas meu marido foi mais firme ainda em afirmar que não queria.

Porém no dia 23/12/2006, como nao tinha mais recurso, meu cunhado pegou o cachorrinho e deixou lá em casa tarde da noite (a gente já estava dormindo), bateu palma e eu levantei e lá estava ele enrolado num paninho com frio numa caixinha de papelão....soube na hora que tinha sido meu cunhado, mesmo sem tê-lo visto. Ele só o deixou e foi embora rápido com o carro....

Nunca o achei feio...ele era diferente, as orelas realmente eram desproporcionais, bem como o rabo, a cor era bem diferente. Entretanto, tinha os olhos mais lindos que eu já tinha visto. Meu marido ficou muito bravo, queria pegar o carro e ir devolvê-lo, mas eu argumentei que era véspera de natal, que não íamos discutir, que deixasse ele ficar uns dias e que eu arrumaria alguém que o quisesse de verdade...

Arrumei uma casinha improvisada para ele junto da Lana e do Bartolomeu, mas ele se levantou e foi para a frente da casa sozinho. Nunca chorou como os cachorros pequenos...sempre foi forte e valente. Me conquistou por inteiro na hora que o vi.

Uma semana depois eu disse ao meu esposo que não conseguia mesmo alguém que o quisesse (na verdade nunca procurei...rsrs), e disse que tínhamos espaço e condiçoes para criar mais um. Falei “Escolhe um nome que você gosta para ele, e ele será seu amigo (...)”. Ele disse que sempre quis ter um cachorro quando criança e que a mãe dele nunca deixou e que ele tinha o sonho de colocar o nome de Frederico...Eu disse “Então, pronto! Ele agora se chama Frederico”. E o Frederico ficou....amigo, companheiro leal, cuidadoso, sensível por demais, apaixonante. Ficou lindo! (sempre foi - só eu achava).

Em 2008 nasceu nossa filhinha e o Fred se apaixonou por ela, deitava debaixo do berço, do lado do carrinho, se ela saia ele chorava desesperado, e a Manu também o amava demais ....

No final de 2008 comecei a achar o Fred triste e reparei em algumas falhas nos pêlos e que as unhas dele estavam bem grandes. Leishimaniose. Não teve recurso, foram remédios, coleiras....mas não teve jeito, em julho de 2009 ele se foi.

Nossa casa ficou muito vazia, nessa época tinha a Lana com sua filhinha do Fred a Luna e que ficamos com ela, e o Bartolomeu já tinha ido embora também.

Entretanto, sem o Fred, tudo ficou muitooooo triste. Ele tinha um jeito menino moleque, de cheirar minhas samambaias e derrubar meus xaxins sem que eu pudesse ficar brava com ele, se jogava no chão de cansaço e se esparramava todo desengonçado de um jeito único que só ele fazia, se dobrava ate o chão quando eu ia fazer um carinho nele como se tivesse com cócegas.....foi muito triste sua partida. Dois meses depois, com 17 anos, a Lana também se foi.

E o tempo passou....

Em uma madrugada de domingo (às 5 da manhã) do mês maio de 2011, eu estava indo para uma reunião no Núcleo Espírita  e foi quando adentrei o terreno enorme da nossa casa espírita, pois vi um vulto passar muito rápido na frente do carro, e não percebi para onde foi.....

Quando estacionei e abri a porta,  desci do carro e senti duas patas nos meus ombros. Foi muito rápido, me assustei e ele grunhia como a dizer “Te achei! Te achei! Te achei!” Eu só conseguia repetir “Fred! Você voltou! Você voltou!”, abraçando-o. Rolamos no chão, o barulho foi tanto que quem já estava no centro saiu para ver o que era, quando me viram rolando com um cachorro no chão, pensaram que ele estava me mordendo e correrram para acudir.

Eu chorava e ele me abraçava, me lambia, me cheirava....quando consegui explicar o que estava acontecendo (nem eu sabia direito, só tinha certeza que era ele que estava ali), uma médium da casa falou que realmente aquele era o meu Fred que havia voltado. Ele era igualzinho ao Fred de antes, com uma única diferenca, o rabo. A impressão que dava era de um rabo duro e disforme foi colado ao coto que ele tinha. Só isto. O mesmo olhar...tudo... ERA ELE.

Nem fiquei para a reunião, corri para casa com ele no carro. Quando chegamos, mal abri o portão e ele foi derrubar meus vasos de samambais! Nessa altura, ninguém mais sabia se eu estava rindo ou chorando, quando ele viu a Manu (que já falava e tinha crescido), ele chorou tanto de sair lágrimas nos olhinhos dele. “Meu Fred! Você voltou para mim!”, a Manu falava...

Levamos ele no veterinário que me falou o que eu já sabia, que era um cachorro de aproximadamente 1 ano e pouco e sem raça definida. Amo muito o Fred. Sempre me pego olhando para ele e percebo que ele faz as mesmas coisas, reconhecendo  todas as pessoas (algumas nem sabem que ele se foi e voltou), acham que é e sempre foi o mesmo cachorro.

Por vezes, fico olhando, olhando e tentando compreender esse sentimento enorme que nos cativa e arrebata o espírito, que nos liga uns aos outros com a certeza de que na vida nada é por acaso.



Essa e minha história, muito longa, mas creio que quem ler vai gostar de saber que nossos amiguinhos que se foram podem sim voltar.

Um beijo. Ana Paula, Manu e Fred."

54 comentários:

  1. É POSSÍVEL MESMO QUE ELES VOLTEM ??

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Luciana! Sim, é possível! Entretanto não temos nenhum controle sobre isto! Apenas os espíritos superiores conhecem as necessidades de todos os seres e os encaminham pensando em sua evolução espiritual!

      Existem alguns livros sobre o assunto, um deles é Duda, a reencarnação de uma cachorrinha! Muito lindo!

      Grande abraço!
      Fernanda

      Excluir
  2. Coisa mais linda,mais amada!!!!
    Ahhhhhhhhhh...se isso acontecesse comigo!!!!
    Faz 14 anos que minhas 4 pequeninas se foram e até hoje não me refiz com a perda delas!
    Maravilhoso foi poder ler esse fato...OBRIGADA!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Crista!

      Tenhamos fé que Deus e a espiritualidade sabem o que é melhor para todos os seres! O amor entre vocês é eterno e sempre será! Os laços criados entre seres que se amam verdadeiramente sempre são muito fortes!

      Grande abraço!
      Fernanda

      Excluir
  3. Vou postar teu endereço no meu facebook...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada pelo apoio!!!

      Grande abraço!
      Fernanda

      Excluir
  4. Como queria que esse milagre acontecesse comigo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tenhamos fé que Deus e a espiritualidade sabem o que é melhor para ambos os lados. Aquele que ficou e aquele que se foi!

      O importante é saber que a vida continua e os laços permanecem eternamente!

      Grande abraço!
      Fernanda

      Excluir
  5. amei e chorei muito com sua estoria!!! voce é uma pessoa iluminada!!! que Deus te abençoe sempre!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ficamos felizes que tenha gostado!

      Obrigada pelo comentário!

      Grande abraço!
      Fernanda

      Excluir
  6. Maravilhoso!!! Obrigada por compartilhar essa história linda! bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada especial a Ana Paula Jorge Silva!

      Obrigada pelo comentário!

      Grande abraço!
      Fernanda

      Excluir
  7. Que história linda, queria tanto a minha Lunna de volta também!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tenhamos fé na sabedoria de Deus e da espiritualidade!

      Muitas vezes, eles e nós precisamos trilhar caminhos diferentes, ajudar outros amigos, amar outros irmãos!!

      Grande abraço!!
      Fernanda

      Excluir
  8. História maravilhosa!!! emocionei tanto que chorei! Espero que quando for a vez da minha Mel ela também me reencontre!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Júnia! Tenhamos fé que a sabedoria divina trilha os caminhos mais oportunos!!

      Grande abraço!
      Fernanda

      Excluir
  9. Sim, acredito... Quando um animal volta pra nós, e porque temos um laço de amor e gratidão. Já vi e ouvi casos semelhantes. Eu mesma vivo a volta do meu Catarino (um gato). E está sendo maravilhoso....Paz e Luz pra vocês!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Jane!

      Obrigada por compartilhar!

      Grande abraço!
      Fernanda

      Excluir
  10. Nossa emocionante,,,chorei,,,,e não sei,,não tenho certeza se a cadela que apareceu na rua em que moro é minha Shana(que tbm se foi a alguns anos,mas é preta e brincalhona como ela..que saudade) ,mas a maneira com que apareceu,,como consegui conquistá-la e hj ela esta comigo...e me espera tds os dias com uma imensa felicidade,,,parece que sente o meu cheiro qdo estou chegando em casa..Bem tenho a Ursa minha preta lida,a Belinha e a Shana(em homenagem a que se foi..)....Ale

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ale! Um relato de amor este! Obrigada por compartilhar!

      O mais bonito é perceber que sua solidariedade foi genuína. Pois ajudou pelo simples motivo de ser uma irmã que precisava de ajuda!

      Novos laços vão se formando! Os antigos laços se fortificando! O amor sempre que dividido cresce mais!!

      Obrigada!!

      Grande abraço!
      Fernanda

      Excluir
  11. To em prantos aqui, perdi minha doce Lila a um ano já,
    e sofro até hoje, ela estava com 16 aninhos, sei que era a hora dela partir, mas meu amor não estava preparado para uma separação. Quero muito um cachorrinho, mas to esperando a hora certa, pq sei que vai aparecer um especial, como ela apareceu na minha porta, sem programar, apenas entrou em nossas vidas, para nos fazer mais felizes... Creio em tudo isso... E espero que a minha Lila tbm volte para mim, como o Fred voltou para vcs. Bjs e Obrigada por dividir uma história tão linda. Carla

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Carla!

      Tenhamos fé em Deus e na espiritualidade! Eles sabem o que é melhor para nós!

      Lembre-se que os laços que criamos de amor são eternos!

      Sempre que podemos, devemos ajudar! E isto você já tem em seu coração!

      Grande abraço!
      Fernanda

      Excluir
  12. lindoooooooooooooooooooooooo

    ResponderExcluir
  13. Linda história, muito emocionante, é bom saber da possibilidade de termos nossos bichinhos de volta.

    ResponderExcluir
  14. Linda e emocionante história, é muito bom saber que um dia poderemos ter nossos bichinhos de volta.

    ResponderExcluir
  15. Olá, Que emoção compartilhar essa linda história. Obrigada! Eu tenho muito carinho e respeito por todos. Já perdi os meus e cuido de outros! São muitos especiaes e merecem todo carinho e proteção. Grande abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Cidinha!

      Este é o verdadeiro espírito do amor! Dividi-lo cada vez mais, cuidar daqueles que precisam, independentemente de quem sejam!

      Obrigada!
      Grande abraço!
      Fernanda

      Excluir
  16. Nossa que história Linda!!!

    Me conforto muito em conhecer!
    Ontem perdi a minha Kelly, de 11 anos!
    Ela chegou pra mim, em um momento que meu esposo bateu o martelo e disse: NÃO QUERO MAIS NENHUM ANIMAL DE ESTIMAÇÃO AQUI EM CASA!

    Mas ela veio sim, e conviveu conosco durante todos estes anos.
    Nossa ligação era muito forte, seu olhar....
    Ahhhhh seu olhar, diziam tantas coisas pra mim....


    Dói muito....
    Nem sei como vai ser daqui pra frente....
    Mas sua história me tocou profundamente!

    Beijos obrigada!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Sheila! Tenha fé que a Kelly foi amparada pelos amigos espirituais que cuidaram dela com muita amor e carinho!

      Tenha fé que o melhor foi feito por ela e que o seu amor foi fundamental na trilha evolutiva que ela está percorrendo!

      Os laços de amor entre vocês sempre serão eternos!

      Fique em paz e sinta-se feliz pela espiritualidade ter permitido que vocês vivessem juntas por todo este tempo!

      Grande abraço!
      Conte conosco!
      Fernanda

      Excluir

  17. Que História Linda!!!

    Mexeu muito comigo!!!
    Ontem dia 08/05 eu perdí minha cachorrinha a Kelly de 11 anos.
    E tá doendo tanto.....

    Ela ficou dodói pouco tempo, 3 dias e já se foi... Mas tá muito difícil, pq ela era tudo pra gente!
    Todos os dias ela me eserava em frente a porta, não sei como calculava o tempo de eu sair do trabalho e ficar sentadinha a minha espera...
    E isso eram todos os diasss...

    Ela nunca andava na brita q tinha no jardim, sempre no gramado e na calçada, mas ontem optou por dormir na brita... e eu sofrendo muito com a escilha dela, respeitei.

    A sepultamos em baixo do PÉ DE ACEROLA, Lugar q ela também escolheu pra dormir naquela noite, achamos que talvez "quem sabe" ela tenha escolhido aquele lugar pra ficar!

    A amo muito, dói muito...
    sinto de tudo um pouco...Mas diante deste texto lindo...Vou saber esperar também...QUEM SABE UM DIA, ela ainda volte pra gente!!!

    Obrigada Pela linda História q confortou D+ MEU CORAÇÃO!!!


    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fique em paz, querida amiga! Deus e a espiritualidade cuidam de nós e de todos os outros seres com muito amor!

      A Kelly e vocês sempre estarão conectadas pelo amor!

      Grande abraço!
      Fernanda

      Excluir
  18. Linda história...às vezes também acredito que algum gatinho meu vá voltar..vai ver meu gatinho Mimoso voltou como o Simba. Ambos eram brancos, tinham muitas semelhanças. Simba morreu há pouco mais de um mês. Dediquei-me muito a cuidar deste meu amigo tão querido que agora deve estar muito bem.

    ...a história de Fred emociona muito, me fez chorar. Que merecimento!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada por compartilhar conosco sua experiência, Mônica!

      A espiritualidade sabe o que necessitamos! Tenhamos fé!

      Grande abraço!
      Fernanda

      Excluir
  19. Gostei muito de ler essa historia de amor...eu to sofrendo com a falta do meu gato Felipe espero que a espiritualidade me permita tê-lo de volta em breve,lendo me acalmei um pouco.obrigada

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Valquiria!

      Ficamos felizes que a história tenha te ajudado de alguma forma!

      Mantenhamos a fé e a tranquilidade! Deus e a espiritualidade sabem o melhor para nossas vidas!

      Grande abraço!
      Fernanda

      Excluir
  20. Ana Paula, somente hoje vi a história do FRED, ainda estou chorando mas contente que ele tenha voltado p você, não nos conhecemos mas me identifiquei c sua história e a do FRED, amo muitoooo os animais e os cachorros então, tenho 6, parabéns pelo seu FRED, muita PAZ.tERESA

    ResponderExcluir
  21. Muito lindo esse relato fiquei emocionada ontem 23-07-13 perdi minha companheira LAIKA to sentindo muita falta mais fico feliz em saber q ela esta bem e quem sabe um dia volte p mim

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tenha fé que a espiritualidade sabe o que faz!

      Grande abraço!
      Fernanda

      Excluir
  22. Obrigado pelos relatos, estou sofrendo bastante com a perda do meu amigo Petkovic e só de saber da possibilidade de um dia ser olhado daquela maneira que ele me olhava novamente já me sinto um pouco menos sozinho. Tomara que Deus permita esse reencontro e que ele esteja bem agora. Obrigado!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Rafael! Lembre-se de ficar muito alegre e orgulhoso por ter tido a oportunidade de viver ao lado de Petkovic....

      Vocês sempre estarão conectados pelo amor. Amor que fará enorme diferença no caminho evolutivo que estão percorrendo!

      Grande abraço!
      Fernanda

      Excluir
  23. Obrigada pela história emocionante. O meu anjinho foi ontem encontrar papai do céu, estou com muita saudades e rezando para um dia poder reencontrá-lo. Você obteve uma graça!!! Muita felicidade para sua família, em especial para sua filha e para o Fred.

    ResponderExcluir
  24. Linda história, estou muito emocionada!!!! Ontem meu anjinho foi encontrar papai do céu, a dor e a saudade são muito grandes. Obrigada pelo conforto, rezo para um dia ter a graça de reencontrá-lo, seja neste plano ou no outro. Felicidades à você e sua família, em especial ao Fred e à Manu.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Raquel! Mantenha-se firme e com fé na espiritualidade que sabe o que é melhor!

      Grande abraço!
      Conte conosco!
      Fernanda

      Excluir
  25. Perdi minha doce Dolores, gata que adotou nossa família desde que eu tinha meus 10 anos. Ela partiu no dia 14/08/2013, e ainda estou desesperado com sua falta. Nós tínhamos um laço único que me faz chorar só de pensar nela e como nós éramos felizes. Ela passou dois meses doente e ontem concluiu sua jornada. Estou buscando conforto no espiritismo, apesar de não ter uma crença. Nós eramos verdadeiros amigos... Daria tudo para encontrá-la de novo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Rodrigo! Espero que tudo esteja indo bem, mesmo com a despedida da querida Dolores.

      Sempre escrevo aqui o que Chico Xavier disse quando perdeu sua gatinha.

      Ele teve que orar muito para superar a despedida de sua amiga e disse:

      "- Olha, meu filho, eu não vou sentir uma dor maior quando perder um parente, um amigo; vou chorar igual, sentir igual (...) e ainda observou: - Os espíritos me dizem que o animal com algum progresso sempre volta ao ambiente em que ele se habituou..."

      Os amigos de hoje sempre serão os de amanhã, tenha certeza disto! O elo de amor entre vocês é eterno, e nada pode mudar isto.

      A espiritualidade sabe quais são as necessidades de cada um de nós, dos mais pequeninos aos maiores seres....tente manter a paz e a tranquilidade em seu coração!

      Tenha fé, pois ela sempre estará amparada em sua caminhada evolutiva. Ela, como nós, usará da reencarnação para evoluir como ser espiritual! E o amor que trocaram será e é fundamental neste processo!

      Orgulhe-se pelo tempo que esteve com ela!

      Conte conosco!
      Grande abraço!
      Fernanda

      Excluir
  26. Meu anjinho também foi se encontrar com Deus no dia 16.08.13, choro muito com a perda da minha coocker malhada branca com marrom que atingiu somente 4 anos - Fiorela eu te amo muito! Esta estória me dá esperança de poder tê-lá de volta muito em breve. Obrigada

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá querida amiga!

      Tenhamos fé que a espiritualidade sabe o que é melhor para ambas as partes!

      Tenha certeza que Fiorela foi e é amparada por estes amigos!

      Tenhamos fé, sempre mantendo pensamentos positivos e de amor!

      Grande abraço!
      Obrigada por compartilhar!
      Fernanda

      Excluir
  27. Ivanil Aparecida Renzi19 de agosto de 2013 10:29

    Meu Joca, meu cachorrinho me deixou na sexta feira dia 16 as 16 horas, olhou longamente para os meus olhos, e deu um suspiro, não consigo nem andar pela casa, preciso cuidar dos irmãos dele e da mãe, mas me sinto incapaz. Fiquei 11 anos com ele, era a minha sombra, muito amor e carinho que recebi, e agora não estou conseguindo aguentar essa dor. Preciso da ajuda de Deus, para suportar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ivanil, querida amiga!

      Tente com todas as suas forças e toda a sua fé manter-se firme para cuidar daqueles que precisam de você.

      A saudade sempre estará presente em seu coração, é algo que só aqueles que amam verdadeiramente experimentam.

      Entretanto, é necessário que a saudade seja serena e não um pesar em nossos corações....

      Toda a energia que emanamos é captada por aqueles que estão ao nosso lado e, eu acredito, por aqueles que temos uma forte ligação. Então, mantenha-se com bons pensamentos, boas energias!

      Seu Joca foi amparado pelos amigos espirituais e está sendo ajudado para continuar seu caminho de evolução espiritual!

      Orgulhe-se por tudo o que fez, por todo o amor que deu e que recebeu, essa é a grande dádiva da vida!

      Grande abraço! Conte conosco!
      Fernanda

      Excluir
  28. Bonita história, lembrei do meu amigo do peito, Bidu que se foi há 03 anos, sempre esperando na janela no hora de retornar do trabalho, sempre dormindo embaixo da cama no meu lado, sempre encostado na minha penas vendo a TV. Como o danado faz falta, queria tanto que acontecese algo assim...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Elton, obrigada por compartilhar conosco!

      Os amigos do passado serão nossos eternos amigos!

      O reencontro sempre é um belo presente!

      Grande abraço!
      Fernanda

      Excluir

Amigos, sejam bem-vindos! Ficamos muito felizes por receber suas mensagens!