segunda-feira, 12 de setembro de 2011

Cães segundo o Espiritismo

Amigos em maio deste ano, tivemos o grande prazer de bater um papo com o pessoal do Canina Blog sobre a espiritualidade dos cães. Gostaríamos muito de compartilhar com vocês essa entrevista.
***

Fonte: Canina Blog

"Quem maltrata um animal é alguém que não aprendeu a amar"
Chico Xavier


QUEM sofreu com a despedida do seu melhor amigo canino já se perguntou: será que há algo esperando por ele do outro lado? Para o Espiritismo, essa vida é parte de uma constante evolução. Estão ai diversos filmes, como Chico Xavier e Nosso Lar que mostram, de forma popular, como o chamado codificador do Espiritismo, Allan Kardec, trata dessas fases da alma.
MAS será que somente os seres humanos reencarnam? Na sua obra chave, O Livro dos Espíritos, Allan Kardec escreve: “Acreditar que Deus haja feito, seja o que for, sem um fim, e criados seres inteligentes sem futuro, fora blasfemar da Sua bondade, que se estende por sobre todas as suas criaturas.”
ESSE trecho intrigante tem motivado muitos debates sobre o papel dos animais na evolução humana. É o caso do grupo Animais e o Espiritismo que iniciou um estudo focado das questões espirituais e os animais. “Acreditamos que, apesar de vasta literatura, este ainda é um assunto pouco discutido e conhecido, com muitos tabus a serem vencidos. A internet nos auxilia a disponibilizar informações de qualidade para quem se interesse.”
PARA o grupo é ilógico e até imoral pensar que outros animais estão na Terra para simplesmente servirem os seres humanos. “Por que Deus, em sua infinita bondade, faria seres que não evoluem e apenas vivem para servir o homem? Por que apenas o homem seria o filho privilegiado?”

Confira abaixo as principais partes dessa conversa com o CaninaBlog:

CANINABLOG: Qual é o papel dos animais segundo o Espiritismo?
Animais e o Espiritismo: Segundo a Ciência, todos somos animais. Segundo o Espiritismo, também. Os seres humanos diferenciam-se dos outros por um estado de consciência mais elevado. Todos nós, animais humanos e animais não humanos, temos nossa importância nesse planeta em que hoje vivemos. No livro A Espiritualidade dos Animais – Qual a sua dúvida sobre o tema?, Marcel Benedeti escreve que não é correto dizer que somos seres humanos, e sim que estamos no estágio da humanidade. Todos os seres vivos têm um mesmo princípio e caminham para um mesmo objetivo: a evolução espiritual. Nas obras da Codificação, Allan Kardec também escreve sobre os outros animais. Na questão 601 em O Livro dos Espíritos: “(…) tomemos os nossos mais inteligentes animais, o cão, o elefante, o cavalo (…)”. O que não exclui tantos animais que a Ciência já provou como detentores de certa inteligência.

CANINABLOG: Dentro deste pensamento, qual é o papel do cachorro?
Animais e o Espiritismo: Cada ser vivo tem seu papel a ser desenvolvido nesta vida. De maneira simples, podemos pensar que todos somos espírito, mas em níveis de evolução diferentes. Espíritos que encarnam em corpos humanos, como nós, estão à frente na caminhada espiritual evolutiva, quando comparados a outros espíritos que estão encarnados em outros animais, como exemplo os cães. Sabe-se que animais como cães, gatos, pássaros, vacas, galinhas – ditos animais domésticos – não reencarnarão em animais ditos selvagens, pois a proximidade com o ser humano ajuda estes espíritos a evoluirem mais rapidamente. Assim, a responsabilidade que temos sobre os outros animais é ou deveria ser a de um irmão para com o outro. Isto, infelizmente, não é observado na sociedade humana da atualidade.

CANINABLOG: Como podemos contribuir com a evolução dos cachorros?
Animais e o Espiritismo: Independentemente de filosofia, quem ama verdadeiramente um amigo (humano ou não) já auxilia sua evolução espiritual. Podemos lembrar de vários casos de cães que foram maltratados uma vida inteira por seus donos, o que os levaram a eliminação (eutanásia), por serem considerados perigosos demais para o ser humano. Estes seres tiveram, de alguma maneira, sua evolução marcada pela dor e sofrimento, o que pode provocar um atraso na retomada de sua evolução espiritual na mesma encarnação ou em outras. Emmanuel (psicografado pelo querido Chico Xavier) escreveu: “Nós, seres humanos, estamos na natureza para auxiliar o progresso dos animais. Na mesma proporção que os anjos estão para nos auxiliar. Portanto, quem maltrata um animal é alguém que não aprendeu a amar.” O fator principal para a evolução de qualquer ser é o amor.

Confira a entrevista, basta clicar:  O cachorro segundo o Espiritismo
Obs.: Desconhecemos o autor da foto acima, por gentileza, qualquer inconveniente, avise-nos

31 comentários:

  1. Amados irmãos,

    Amei a postagem, como vocês sabem amo profundamente os animais. Há!!!! Aqui é a Esperança do Hospital Espiritual do Mundo, falando pelo meu outro blog Atelier Suriel.

    ResponderExcluir
  2. Querida amiga! Seja sempre muito bem-vinda aqui! É muito bom encontrar irmãos de semelhante filososfia no caminho! Recebeu meu e-mail?

    Grande abraço!
    Fernanda

    ResponderExcluir
  3. amiga com o passar do tempo eu percebi, que quando estou com os meus bichos eu me sinto feliz!!!

    ResponderExcluir
  4. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  5. Eles nos trazem verdadeira alegria!! :)

    Grande abraço!
    Fernanda

    ResponderExcluir
  6. Página maravilhosa! Amei demais. Fiquem com Deus.

    ResponderExcluir
  7. Tenho visto muitos videos no facebook de animais maltratados e mortos de forma violenta, estou procurando informação sobre isso, sobre como o espirito deles lida com esse sofrimento, se é muito prejudicial á eles e se recebem todo o apoio superior uma vez que deixam seus corpos. Sou muito apegada aos animais e tenho dificuldade de lidar com a crueldade humana, me envergonho.

    ResponderExcluir
  8. olha...eu não acredito mais em nada...se um cachorro sofre...pq sofre???/se nada de mal êle fez...e como um ser humano evolui com o sofrimento e o cachorro retrograda????na verdade,ninguém tem certeza de nada...só quem vê mesmo algo...e não acho que o ser humano é mais evoluído que um animal...

    dannioliva@gmail.com

    ResponderExcluir
  9. Olá querido (a) amigo (a). Eu também sofro muito ao ver a crueldade do ser humano para com os outros seres - humano ou não.

    Temos um estudo aqui no blog "Dor e sofrimento animal" e gostaria muito de sugerir a leitura, me ajudou muito na reflexão sobre este tema!

    Espero que possa ajudar!

    O link é esse: http://animaiseoespiritismo.blogspot.com/2011/06/dor-e-sofrimento-animal-parte-i.html

    Um grande abraço!
    Fernanda

    ResponderExcluir
  10. Olá Danni, também fico muito triste ao ver o sofrimento em seres que não deveriam sofrer.

    Tanto homem quanto outro animal evolui em contato com o sofrimento.

    Infelizmente a certeza em nosso mundo só é dita quanto algo é provado cientificamente, o que muitas vezes nos limita. Mais do que provas científicas, devemos refletir sobre os vários aspectos da vida com lógica.

    Um grande abraço!
    Obrigada pela participação,
    Fernanda

    ResponderExcluir
  11. E como um ignorante alcança o nível da humanidade sendo do jeito que é?
    Eu gosto de conordar com essa ideia de evolução, assim nenhuma besta chegaria ao poder, porém, está tudo caótico.

    ResponderExcluir
  12. Olá Stela, muito obrigada por sua participação.

    Não sei bem se entendi sua pergunta, de qualquer maneira, a doutrina espírita nos ensina que todos os seres caminham para a evolução, seria ilógico não acontecer desta maneira.

    Estou à disposição.
    Um grande abraço!
    Fernanda

    ResponderExcluir
  13. Eu acabei de perder um filhote de fox paulistinha e estou me sentindo muito mal e com tristeza.
    O curioso é que ela estava comigo apenas 1 mês e eu nem imaginava como ja amava aquela cadelinha... ontem quase na virada do ano ela fugiu e foi atropelada quase em frente a minha casa ela era mt levada, mas muito fofa e linda era o animalzinho melhor que ja conheci todo mundo gostava dela e ela tbm gostava de todos que conhecia pra ela tudo era festa...
    Estou muito desesperada pois sou casada e não tenho filhos e moro numa cidade longe de toda minha familia ela virou minha companheira e ficavamos juntas o dia todo praticamente queria entender se foi mesmo um acidente ou se a minha pequena tinha que viver tão pouco tipo cumprir uma missão como nos temos...) pois ela iria completar 03 meses no proximo dia 05.
    Quem puder me dar um auxilio meu email é
    josicristinat@yahoo.com.br
    Obrigada!

    ResponderExcluir
  14. Olá Jô! É muito triste quando "perdemos" um amigo nestas situações...já vivenciei alguns momentos semelhantes ao que você narrou e confesso que sempre fiquei muito triste.

    Na minha opinião, os animais não-humanos, certamente, reencarnam-se - como os humanos - para evoluir, existem algumas diferenças, mas basicamente, todos os seres utilizam-se de corpos "físicos" para habitar na Terra e viver da melhor forma possível. Como certeza, a vida oferece oportunidade para os animais não-humanos evoluírem através de missões.

    Eles muito nos ensinam e nos dão exemplo de amor, por exemplo. Certamente, foi o caso da querida amiguinha que você nos contou.

    Não tenho uma opinião formada em relação à determinação do tempo que os outros animais têm na Terra, acredito que se você sempre deu o seu melhor para esta amiga e, por uma fatalidade, ele desencarnou, talvez a hora dela tivesse chegado.

    Gostaria muitíssimo de sugerir esses textos:
    http://almaanimal.com.br/o-ceu-dos-animais/#.Tt-owjUV0go
    http://animaiseoespiritismo.blogspot.com/2010/12/animais-no-plano-espiritual.html

    Acredito que podem te auxiliar na superação e na conquista das boas lembranças desta bela amizade entre vocês duas!

    Um grande abraço!
    Conte conosco!
    Fernanda

    ResponderExcluir
  15. Há muitos anos ganhei um cachorro de presente do meu pai. Foi paixão à primeira vista, entre quatro crianças ele escolheu ser meu amigo. Eu tinha sete anos, e cresci tendo-o a meu lado. Quando fiz vinte, ele morreu. Foi muito duro para mim, achei que ia enlouquecer. Cheguei a ter ( o psicológo disse que foram ) alucinações, ver vultos. E essa perda sempre me entristeceu muito, ele morreu nos meus braços. Passados alguns anos, sonhei que ele vinha acompanhado de um ser vestido de branco e FALOU que me amava e que sentia saudades de mim, que ele estava bem. Isso me consolou muito, mas até hoje (22 anos depois da passagem dele ) eu ainda sinto MUITA saudade e nesse exato momento estou chorando porque o amor que sinto por ele é inexplicável e quando falo disto algumas pessoas chegam a fazer comentários maldosos, porcos mesmo. Tive e tenho outros animais ( eu amo bichos ), mas ele é um pedaço de mim que se foi... Queria saber, e acho que estou no lugar certo, existe a possibilidade de eu encontrá-lo de novo? Não acredito que possa, mas gostaria muito de reconhecê-lo... Na Evolução, como poderia ser? Parece que um pedaço da minha alma morreu com ele, e nada preenche esse vazio, tenho outros bichos, outros amores, mas ele...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hoje, a minha faleceu. Tão pequenina, não tinha nem 3 meses... Meu coração está tão aflito. Tô chorando, deprimida o dia todo!! Todo!!! Inclusive agora, escrevendo para você, portanto, sei exatamente como você se sente.

      Espero que um dia possamos nos reencontrar. Que você e seu amigo possam se reencontrar. Que amor esse...
      Fique em paz, que Deus traga conforto ao seu coração.
      Luz para nossos amores.

      Excluir
    2. Obrigada pela ajuda, Emanuella. Somos mais fortes se unidos.

      Sem dúvida o laço com aqueles que amamos são eternos. A saudade é grande; ela é o amor que fica. Estejamos unidos nesse amor, para vivermos a vida da melhor maneira possível, sempre relembrando aqueles que já foram e serão eternos em nossos corações, mas que agora seguem uma outra trilha da vida!

      Grande abraço!

      Fernanda

      Excluir
  16. Olá querida (o) amiga (o), muito obrigada por compartilhar conosco sua história, fico muito feliz de poder ler e ter a oportunidade de crescer e aprender com os amigos.

    Particularmente e sem desmerecer nenhum profissional, acredito que quando a ciência não consegue responder à determinada questão, dá um jeitinho de falar que aquilo não existe, que é invenção da cabeça humana. Claro, isto pode acontecer, mas tudo deve ser analisado conforme as circunstâncias.

    Muitas histórias como a sua já aconteceram, foram descritas em livros sobre o assunto, e não foram ditas como alucinações ou algo do tipo. Tudo é analisado de maneira cuidadosa e lógica, esta é a graça da vida.

    Imagine você que Chico Xavier via vultos, espíritos e, graças a Deus, nunca foi chamado de louco, pois, de maneira lógica, ninguém conseguia explicar os fenômenos que envolviam a vida e história deste grande homem.

    Não é fácil "perder" entes queridos - inclua aí nossos queridos animais não-humanos. Chico dizia que sofria da mesma maneira quando perdia um amigo cão, gato etc....chorava da mesma maneira.

    O que precisamos aceitar o ciclo da vida, nascer, morrer, nascer....claro que é difícil, a saudade sempre ficará, mas o que deve superar tudo isto, é o amor que sempre existirá entre os seres que conviveram um dia de maneira única....o elo sempre existirá.

    Ficaria muito honrada se pudesse ler esse artigo: http://animaiseoespiritismo.blogspot.com/2010/12/animais-no-plano-espiritual.html

    Não ligue para os comentários maldosos daqueles que não possuem sua sensibilidade ainda, um dia eles irão entender e com carinho, podemos ajudá-los.

    Sempre existe a possibilidade de reencontros com aqueles que tanto amamos...tenha certeza disto.

    Fique em paz, se puder, leia o livro A Desencarnação dos Animais (Editora Conhecimento), lá você poderá conhecer uma linda história de reencontro.

    Espero tê-la ajudado de alguma maneira! Conte comigo!

    Grande abraço!
    Fernanda

    ResponderExcluir
  17. Perdi meu cãozinho essa semana, uma fatalidade, ele entrou correndo embaixo do nosso carro ao entrar na garagem. Sempre fomos muito cuidadosos e ele não fazia isso, mas dessa vez ele correu de uma forma que ninguém viu. Agonizou e morreu em meus braços,olhando nos meu olhos. Estou muito mal, era meu companheirinho dia e noite, parece que levaram um pedaço de mim. Não consigo me conformar, pois ele ficava comigo dia e noite, nos entediamos como dois humanos. Acho uma injustiça ele ter ido, me sinto muito infeliz. Porque ele se foi e dessa forma...

    ResponderExcluir
  18. Olá querido(a) amigo(a), posso imaginar o que tem passado por seu comentário...

    Foi uma fatalidade, e mesmo que a responsabilidade não tenha sido sua pelo ocorrido, imagino a dor que sente.

    Tenha fé e pense que ele foi amparado pelos Espíritos amigos, que estão ao lado desses nossos irmãozinhos.

    Quando sentimentos não tão bons invadirem seu coração, reze e peça a espiritualidade bom ânimo para acalmar seu coração.

    Confie que ele está bem e que o laço eterno de amor entre vocês sempre irá existir!

    Grande abraço amigo(a). Conte conosco!
    Fernanda

    ResponderExcluir
  19. Adriana Nancy Medeiros6 de abril de 2012 09:28

    Minha filha, meu bebê, minha amiga, minha companheira, minha vida, minha cachorrinha Raissa faleceu dia 04/04/2012 na quarta às 20:00 em casa no meu colo. Ela teve infarto tentei reanimá-la, mas não consegui faleceu no meu colo, deu os 3 últimos respiros e quando percebi já havia partido. Está sendo muito dificil, muita saudade, uma dor imensa que eu sinto e um vazio que parece que nunca vai passar.......dia 04/04 foi um dia dificil fiquei o dia inteiro levando ela pra fazer exames de raio-x, ultra-sonografia, tomou medicamentos injetável, soro....e ao chegar em casa ela parecia bem....estava mais tranquila....sei que ela estava sofrendo, sei que ela vai descansar, mas eu amava muito ela e quem realmente ama tem esperança de que as coisas vão melhorar.......ela foi vencedora, guerreira, lutou muito, ela não queria me deixar.....sei que ela me amava muito, ela me escolheu...tinha uma personalidade forte apenas eu podia fazer carinho nela....mas nem sempre ela queria e quando queria me procurava, dentro de casa era a minha sombra, onde eu estava sempre estava junto ao meu lado, viajamos muito, passeamos muito e até nos shoppings estavamos juntas.....nossa última viagem foi dia 27 de Janeiro em Maresias....estou muito triste, estou me sentindo muito sozinha e pior em saber que nunca mais a terei ao meu lado......sempre dizia pra ela que a amava muito e que sempre a amaria por toda vida......disse isto pra ela nos últimos suspiros....disse também filha não me deixa, volta pra mim, mas ela já tinha partido....sinto mal em saber que não consegui reanimá-la e no desespero acho que não fiz o que deveria, não consegui salvá-la, desculpe filha....Filha te amo muito e espero um dia reencontrá-la no céu com a Pituxa......não estou agora ao seu lado para cuidar de vc, mas a Pituxa sua irmãzinha e papai do céu cuidará de vc..não se sinta só sempre te amarei......eu vou superar, eu vou sobreviver, vai ser dificil e nunca vou te esquecer e agora vou ter que aprender a viver sem vc e sei que vc não gostava de me ver triste, mas é dificil ficar sem vc filha....TE AMO E SEMPRE TE AMAREI POR TODA VIDA......Um grande beijo e um forte abraço da sua mamãe.....

    ResponderExcluir
  20. Olá Adriana...imagino como se sente, a partida daqueles que amamos é sempre muito difícil. O importante é o que você já sabe, a certeza de que ela foi amparada pelos amigos espirituais e continuará seu desenvolvimento espiritual na jornada da vida.

    Fique tranquila e esteja certa de que os laços que um dia uniram vocês neste mundo, continuarão a existir pela eternidade.

    Gostaria muito de indicar 2 textos em especial, espero que ajude na sua reflexão!

    http://animaiseoespiritismo.blogspot.com.br/2010/12/animais-no-plano-espiritual.html

    http://animaiseoespiritismo.blogspot.com.br/2012/02/ceu-dos-animais.html

    Grande abraço! Conte conosco!
    Fernanda

    ResponderExcluir
  21. Acredito na reencarnação, inclusive dos animais.Minha cadelinha está com cancêr espalhado pelo corpo e eu não sei como me preparar para sua partida.Prefiro deixar as coisas caminharem, ela vai fazer quimio.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá querido (a) amigo (a).

      Sempre que puder optar, opte pela VIDA!

      Parabéns por seus esforços e por seu amor para esta amiguinha!

      Envio esse link para, quem sabe, auxiliá-la: http://animaiseoespiritismo.blogspot.com.br/2012/01/qual-sua-visao-sobre-eutanasia.html

      Grande abraço!
      Fernanda

      Excluir
  22. Amei este espaço, ontem perdi meu fiel amiguinho, meu querido e amado cãozinho, o Draquinho, e estou percorrendo vários sites a procura de alento, para a dor que carrego dentro de mim. Muito obrigado, depois que li essas linhas, estou até mais confortada. Um bj.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Conte conosco no que precisar! A saudade é enorme e sempre será, mas certamente seu amiguinho foi amparado!

      Lembre-se que o elo de amor que nos une a todos que amamos é eterno!

      Grande abraço! Obrigada por compartilhar!
      Fernanda

      Excluir
  23. Bom, gostaria de narrar em poucas palavras a minha vida.
    Fui criada em uma casa em que se pregava (prega) a doutrina espírita.
    Sou a filha do meio de cinco. Cresci sempre me achando deslocada nesse mundo, o que me ajudava era o meu amor pelos animais. Alguns consegui resgatar, mesmo diante da reprovação dos meus pais, acabei ficando com um cachorrinho aqui, um, dois gatinhos ali, e outros eu procurava um novo lar.
    Cresci, estudei, tive dois filhos (sozinha), muito sofri com a atitude dos outros, inclusive da minha família, muito embora sejam pessoas boas, mas com outra visão da vida.
    Tudo que eu amo, a vida dá um jeito de tirar,
    Nos ultimos anos, perdi meu amor (não era para ser), como meio de apaziguar minha dor, procurei um animal de estimação e, por por acaso, quando já não tinha mais forças, minha branquinha entrou na minha vida. Porém a vida continuou a dar rasteiras, fui traída, perdi meu emprego, descobri que alguns "amigos" eram apenas oportunistas,perdi a saúde,perdi a vontade de viver. Mas, cada vez que olho meu amorzinho branco, minha companheira, por alguns momentos esqueço meus problemas, minha dor.
    Hoje, procuro nos animais, principalmente no meu amorzinho branco, alguma força para continuar essa difícil estrada. Posso dizer, na verdade, que o que ainda me segura nessa vida são meus filhos e ela (minha branquinha, os quais eu sei que mais sofrerão com a minha partida, esta, por sua vez, aguardo de acordo com a vontade de Deus.
    Somente quero deixar registrado, que o amor de um animal, seja um cãozinho, gatinho, ....., muitas vezes salva uma vida e te ajuda a viver de forma mais leve, a esquecer por momentos a dor, a angustia, as dificuldades. Por isso, nunca negue um afago, um carinho, muito menos de ajudar um animalzinho, uma vez que são eles que nos ensinam o verdadeiro sentido da vida, da palavra AMOR.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada por suas palavras e por compartilhar sua história de fé! Esteja firme em seus propósitos, mesmo que a caminhada seja árdua...procure forças em seus amores (assim como você descreveu)!

      Grande abraço!
      Parabéns!
      Fernanda

      Excluir
  24. Perdi meu amiguinho ontem de acidente de carro Biduzinho que eu tanto amava meu coração transborda de tanta tristeza, de olhar para o cantinho dele e não ver ele ali feliz esperando eu chegar para dar aquele abraço. toda hora que lembro eu choro muito de saudade,nós amava muito ele espero que ele nasce e volte de novo pra mim eu acredito ...
    sempre sera o meu xodozinho Bidu

    ResponderExcluir
  25. Ontem perdi o meu querido companheiro num acidente de carro.
    Estou muito triste e quando lembro dos nossos momentos começo a chorar sem parar de tanta falta e saudade que ele me faz.Queria muito que ele nascesse de novo e voltasse pra mim eu acredito muito pois eu amo muito era o xodozinho da casa Como nós faz tanta falta.Eu vou te encontrar novamente meu cachorrinho.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Dayane! Obrigada por compartilhar conosco.

      O momento da despedida sempre é difícil para ambos os lados, aquele que fica e aquele que vai.

      Esteja forte e tenha fé que os espíritos protetores cuidam de todos os animais!

      Reze com toda a força que tem para que seu querido amigo, onde quer que ele esteja, sinta seus bons pensamentos.

      Isso irá ajudá-lo a continuar na caminhada evolutiva.

      Grande abraço, querida amiga!
      Conte conosco!
      Fernanda

      Excluir

Amigos, sejam bem-vindos! Ficamos muito felizes por receber suas mensagens!